A transfusão sanguínea representa uma importante ferramenta terapêutica emergencial, que visa suprir as necessidades básicas para manter a vida do animal, para que haja tempo de serem tomadas as medidas específicas contra a causa primária da anemia ou de outro distúrbio identificado.

A tendência atual é buscar, sempre que possível, fracionar o sangue total e utilizar seus componentes, de acordo com a necessidade do paciente, a fim de reduzir os riscos de sobrecarga de volume e de reações adversas por exposição a antígenos estranhos.

As principais indicações para a realização da transfusão são a perda maciça de sangue por hemorragia, hemólise ou anemias não regenerativas. Os exames laboratoriais (hemograma completo, contagem plaquetária e pesquisa de hematozoários) são realizados previamente, e são analisados juntamente com os parâmetros clínicos pelo médico veterinário responsável.

Quando há a necessidade de transfusão sanguínea são realizados os testes de Compatibilidade Sanguínea ou “Prova cruzada”, principalmente em gatos ou em cães em uma segunda transfusão, reduzindo assim os riscos de ocorrência de rações transfusionais.

Você e seu cão podem contribuir muito para salvar vidas!

Fale Conosco e cadastre seu cão.